quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A Bella da Semana

Amazonense inova em 2011 e faz fotos sensuais pela primeira vez.
No primeiro ensaio de 2011, o Bella da Semana apresenta a estudante Raquel
Dantas, que trabalha como modelo há 11 anos.

Ela nasceu no Amazonas, e são os cariocas que têm a sorte de vê-la desfilar
pela orla acompanhada de seus longos cabelos negros e corpo escultural. Aos
24 anos, Raquel Dantas divide a carreira de modelo com a faculdade de
Veterinária e deseja, um dia, poder exercer a profissão com dedicação e
responsabilidade.

Entre uma fotografia e outra, a amazonense revelou ser apaixonada pela
liberdade e se mostrou bastante à vontade enquanto fotografava para o Bella
da Semana na Ilha do Papagaio (SC).

Esta foi a primeira vez, em 11 anos de carreira, que Raquel fez fotos
sensuais. O ensaio da bela estreia no próximo dia 03 de janeiro no site
Bella da Semana.

Veja no SITE: www.belladasemana.com.br

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Minha Candidata

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Um Alegre Natal e Próspero Ano Novo

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Clique sobre a página para ampliar


Gazeta de Notícias

Gazeta de Notícias

Gazeta de Notícias

Gazeta de Notícias

Gazeta de Notícias

Gazeta de Notícias

Gazeta de Notícias

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Bolsa Família: prazo para atualizar cadastro termina em 31 de dezembro

O dia 31 de dezembro é o prazo final para as informações destinadas ao processo de atualização cadastral dos beneficiários do Programa Bolsa Família deste ano. Do total de 1,1 milhão de famílias que estavam com seus dados cadastrais desatualizados há mais de dois anos, mais de 387 mil ainda precisam fazer a revisão.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Governo adota medidas para estimular financiamento privado de longo prazo

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou hoje (15/12), em apresentação no Palácio do Planalto, medidas para estimular o financiamento privado de longo prazo. “Os grandes projetos voltaram. E o Brasil tem hoje projetos que exigem financiamento de 20, 25, 30 anos. Foi necessário tomar medidas para viabilizar esse crédito de longo prazo”, disse. Mantega relembrou que, em um primeiro momento, o setor público se incumbiu dessa missão, especialmente o BNDES, mas agora o governo espera que o setor privado tenha condições também de financiar o crédito de longo prazo no país.

Mantega avaliou que o acesso ao crédito melhorou muito no Brasil nos últimos anos: “Quando começamos o primeiro mandato do presidente Lula, o Sistema Financeiro Nacional trabalhava com um volume de crédito que correspondia a 23% do PIB, hoje estamos com 47%. Temos que continuar dinamizando o mercado de capitais e criando novos mecanismos”.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O Nordeste desenvolvido de 2012 está sendo construído aqui e agora

O sertão não quer mais ser motivo de estudos sociais para medir fome e miséria, quer é ser uma região desenvolvida, sem que isso signifique tirar recursos ou desenvolvimento de qualquer outra região do País. E essa nova realidade do Nordeste está em construção, afirmou o presidente Lula nesta terça-feira (14/12) em evento realizado em Salgueiro (PE) para entrega de casas às famílias atingidas pela transposição das águas do rio São Francisco. A obra do Canal do rio São Francisco, aliás, é um dos projetos que estão turbinando o crescimento no Nordeste, juntamente com a ferrovia Transnordestina, refinarias, estaleiros, universidades, escolas técnicas.

Em seu discurso, o presidente lembrou que tanto a construção da ferrovia Transnordestina como o Canal do São Francisco são sonhos antigos para a região, e que só agora houve vontade política e os recursos necessários para serem tocados. Esses e os demais projetos que vem sendo feitos no Nordeste estão gerando empregos, renda e dando maior dignidade ao povo local. E se tudo der certo, Lula espera voltar à região em 2012 para ver tudo funcionando:

Eu fico imaginando quando estiver tudo funcionando. O trem passando, a água passando, o povo trabalhando, o Brasil crescendo, a nossa vida melhorando e o sertão nunca mais voltará a ser motivo de estudos sociais para medir a fome e a miséria. O sertão vai fazer parte do Brasil desenvolvido.

Presidente Lula embarca em composição para visitar as obras da ferrovia Transnordestina

O ano de 2012 promete ser um diferencial para a região Nordeste. É o ano em que serão inauguradas obras emblemáticas como o Canal de Transposição das águas do rio São Francisco e a ferrovia Transnordestina, e outros projetos como a refinaria de Fortaleza estarão em estado avançado. A região que teve durante tanto tempo investimentos e desenvolvimento sonegados por governantes anteriores, hoje cresce a passos largos graças à decisão do governo de dar aos nordestinos as mesmas oportunidades que têm os cidadãos das demais regiões do País, afirmou o presidente Lula ao visitar as obras da ferrovia Transnordestina. Ele percorreu os quase 16 quilômetros de linha concluída entre os municípios de Salgueiro (PE) e Missão Velha (CE), onde discursou após assinar contratação dos lotes 2 a 11 do trecho Missão Velha – Pecém (também no Ceará).

O presidente lembrou ao público presente que toda conquista foi obtida com “suor, lágrimas e sangue de muita gente neste País”, mas que tem valido à pena, porque o desenvolvimento brasileiro tem se dado de forma equilibrada, sem que nenhuma região tenha que deixar de ganhar para que outra ganhe. O segredo?

“Era preciso a gente colocar uma coisa que faltava na política brasileira, que era a paixão, que era a emoção, o coração, o compromisso assumido de verdade, não com palavras, mas olhando no olho de cada mulher, de cada homem, de cada criança. E todos nós juntos dizendo que era possivel a gente mudar as coisas.”

Leia aqui a íntegra do discurso do presidente no evento:

Lula fez questão de lembrar que em seu primeiro discurso como presidente da República, em 2003, disse que queria garantir três refeições a todo povo brasileiro e que iria começar seu governo fazendo apenas aquilo que era necessário, para depois fazer o que fosse possível. “E depois, então, quando a gente menos esperasse, a gente estaria fazendo o impossível”, afirmou. “E isso aconteceu.”

O sucesso é resultado da arte de governo, planejar e assumir compromisso, definindo prioridades, disse o presidente, lembrando que o desenvolvimento equilibrado de todas as regiões do País vem acontecendo sem que nenhum estado esteja perdendo – pelo contrário. Todos estão recebendo investimentos em obras, universidades e geração de empregos.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Ministério do Planejamento pretende formar 500 mil agentes públicos


Brasília, 13/12/2010 – O Ministério do Planejamento (MP) irá coordenar, a partir do próximo ano, um projeto para qualificar com formação em nível médio ou superior de escolaridade cerca de 500 mil agentes públicos, até 2016, com o objetivo de capacitá-los a operar projetos e programas governamentais.

A medida atende às finalidades de modernizar a gestão pública, promover a capacitação inicial e continuada da força de trabalho no setor público e intensificar a cooperação do Governo Federal com Estados e Municípios. As ações serão desenvolvidas pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR) e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap), cabendo à Secretaria de Gestão (Seges/MP) a supervisão da iniciativa.

Para estruturação do curso, foi assinado um Termo de Cooperação Técnica entre o MP, o IFPR e a Enap. A expectativa é de que o edital para recepção das manifestações de interesse encaminhadas pelos órgãos e entidades beneficiárias, seja publicado até o final de janeiro. A assinatura do termo foi realizada na manhã desta segunda-feira, na sede do IFPR, em Curitiba. O ministro Paulo Bernardo, a presidente da Enap Helena Kerr do Amaral e o reitor do IFPR Alípio Santos Leal Neto, participam do ato.

Profissionalização da máquina

O curso de tecnologia em Gestão Pública deverá propiciar formação sobre todo o ciclo de gestão da Administração Pública e faz parte de uma estratégia maior de formação de capacidades e profissionalização que envolverá não somente a qualificação, mas também o oferecimento de ferramentas e metodologias de gestão aos entes federados.

Lula: ministro da Saúde terá de buscar verba para setor

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta manhã que o novo ministro da Saúde deverá ter a responsabilidade de se reunir com senadores e deputados para buscar uma nova fonte orçamentária para a Saúde. Em visita ao hospital Sarah Kubitschek, em Brasília, Lula reclamou mais uma vez da perda da receita da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), em 2007. "Só existe uma explicação para terem tirado a CPMF do Orçamento da União: ódio, rancor e maldade", disse o presidente, referindo-se ao Senado, que rejeitou a volta do imposto do cheque. "Nos tiraram, no total, mais de R$ 150 bilhões", lamentou.
No discurso para uma plateia formada por funcionários do hospital, Lula disse que só os ricos no País têm direito a tratamento complexo de saúde e que o Sarah é uma exceção. Em tom bem-humorado, disse que antes, em Brasília, as pessoas diziam que o melhor hospital era o aeroporto. "Eu também já disse que o melhor hospital de Brasília era o aeroporto", lembrou. E relatou que certa vez estava na Câmara quando sofreu um problema de apendicite e que um deputado médico sugeriu que fosse se tratar em São Paulo.
Lula ainda relatou que três meses antes de sua reeleição, em 2006, o Congresso Nacional retirou R$ 900 milhões do Orçamento previstos para o Sarah. Segundo o presidente, isso foi uma "atitude de má-fé", para prejudicá-lo na disputa eleitoral. Disse ainda que espera que a saúde deixe de ser tratada como despesa de Estado. "Fico pensando se é gasto tratar as pessoas com carinho e esperança", afirmou. "O hospital não pode ser um martírio".

domingo, 12 de dezembro de 2010

Em 80 anos de vida, 65 de carreira, Silvio Santos coleciona muitos sucessos

Em 80 anos de vida, 65 de carreira, Silvio Santos coleciona muitos sucessos e raros fracassos. Mas uma fraude contábil criada por executivos de uma de suas empresas (o banco PanAmericano) colocou em risco todo o império construído com "90% de transpiração e 10% de inspiração", como o próprio Silvio gosta de dizer.
O rombo de R$ 2,5 bilhões no PanAmericano foi descoberto pelo Banco Central em setembro. O caso veio à tona em novembro, a investigação está em curso, mas tudo leva a crer que Silvio realmente não sabia de nada e foi traído pelos diretores do banco - alguns deles, parentes de sua esposa, Iris Abravanel. O interesse dos fraudadores em maquiar a contabilidade do banco era fazer com que ele parecesse maior do que realmente é, e assim obter vantagens como bônus salariais.

Especial Silvio Santos
Para cobrir o rombo, Silvio teve de recorrer a um empréstimo do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), uma entidade privada, sem fins lucrativos, que administra um mecanismo de proteção aos correntistas, poupadores e investidores. Silvio terá dez anos para pagar o empréstimo de R$ 2,5 bilhões, com três anos de carência. Ele deu como garantia do pagamento suas 44 empresas, incluindo o SBT. O patrimônio total do apresentador é estimado em R$ 2,8 bilhões. Com a destituição de toda a diretoria, Silvio mergulhou de cabeça no comando do PanAmericano para tentar contornar a crise. Pessoas próximas ao apresentador relatam que ele não vai descansar enquanto não pagar o empréstimo. Em entrevistas, Silvio chegou a deixar aberta a possibilidade de vender suas empresas, inclusive o SBT. Ele detesta a ideia de ficar com a fama de caloteiro

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Previdência reforça regra que garante benefícios a casais homossexuais

A Previdência Social reforçou o reconhecimento da união estável de companheiros do mesmo sexo para fins de concessão de benefícios. Portaria ministerial publicada hoje (10) no Diário Oficial da União determina que o INSS adote as providencias necessárias para que a legislação previdenciária abranja o reconhecimento da união estável.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Lula pede a Limpeza das Cidades



O presidente Lula fez um apelo aos governadores e aos prefeitos reunidos em Brasília para um trabalho de limpeza das cidades e de conscientização dos moradores, para evitar a proliferação dos mosquitos da dengue no verão.

O fenômeno do 'pior não fica'


O maior fenômeno eleitoral de 2010 atende pelo nome de Tiririca. O candidato-palhaço conseguiu alcançar a marca recorde de 1.352.173 votos para deputado federal por São Paulo pelo Partido da República (PR), baseado unicamente na veiculação de uma imagem debochada no horário eleitoral na TV.

Sob bordão “pior do que está não fica”, Tiririca ficou no segundo lugar como deputado federal mais votado da história. Perdeu apenas para Enéas Carneiro, do Prona, que fez 1.573.642 votos, em 2002.

Eleito, Tiririca (ou Francisco Everardo de Oliveira Silva) enfrenta agora problemas na Justiça. Uma reportagem da revista Época levantou a hipótese de que ele seja analfabeto. Com isso, não poderia exercer mandato, conforme a legislação brasileira.

O candidato responde atualmente a um processo no Tribunal Regional Eleitoral sob suspeita de ter falsificado o documento no qual declara que é alfabetizado. O próprio Tiririca alega, por meio de seus advogados, que sua mulher o ajudou a fazer a redação. Até o presidente Lula entrou na história, ao comentar que Tiririca é vítima de preconceito por ser humilde. “Ele é a cara do Brasil”, disse Lula em entrevista.

Merenda Escolar: Agricultura familiar deve ter maior participação em 2011

A ampliação das aquisições da agricultura familiar para a alimentação dos estudantes no próximo ano foi o tema principal de reunião realizada na terça-feira, 7, no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em Brasília. Participaram representantes do comitê gestor e do grupo consultivo para implementação da Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009.

Segundo a coordenadora de agricultura familiar do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Maria Luiza Silva, até outubro deste ano, 1.576 municípios compraram gêneros diretamente dos produtores familiares. Uma das propostas apresentadas para aumentar o volume de aquisições é dar tratamento específico às grandes cidades, que concentram quase 60% dos recursos da merenda escolar.

“O desafio é enorme, pois os agricultores familiares estão longe dos grandes centros, o que torna a logística complexa”, disse o representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Arnoldo Campos.

Na reunião, foram criados dois grupos de trabalho. Um deles vai avaliar as condições sanitárias ideais dos produtos oferecidos pelos pequenos produtores. O outro estudará a maneira de aperfeiçoar a resolução que regulamenta a Lei nº 11.947/2009, com atenção especial para a formação de preços e a prestação de contas. Os dois grupos devem apresentar resultados em janeiro.

Ficou decidido também, durante o encontro, o acompanhamento da aplicação mínima de 30% dos recursos do Pnae na compra de alimentos da agricultura familiar. Essa iniciativa ajudará o FNDE a analisar as prestações de contas de estados e municípios.

Problemas com documentação dos agricultores, assistência técnica e capacitação, escoamento da produção, transporte e armazenamento dos produtos também estiveram na pauta da reunião.

Assessoria de Comunicação Social do FNDE

Ministério da Cultura levará telecentros digitais a bibliotecas públicas municipais

Bibliotecas públicas municipais implantadas e modernizadas pelo Ministério da Cultura entre 2008 e 2009, por meio do Programa Mais Cultura, receberão do Ministério das Comunicações, nos próximos 60 dias, telecentros comunitários. Em um primeiro momento, serão contempladas 486 bibliotecas. Breve, será divulgada nova lista de bibliotecas a serem contempladas.

Das 486 bibliotecas contempladas, 286 foram implantadas pelo Programa Mais Cultura entre 2008 e 2009. As outras 200 bibliotecas foram contempladas no Edital Mais Cultura de Modernização de Bibliotecas Públicas Municipais, destinado a municípios com 20 mil habitantes.

O Telecentro Comunitário é composto por 11 computadores conectados à internet banda larga. O envio dos telecentros digitais faz parte de uma parceria entre os ministérios da Cultura e das Comunicações, que já apoiou outras 410 bibliotecas modernizadas pelo Programa Mais Cultura em 2009.

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), encomendada pelo MinC, revelou que apenas 45% dos estabelecimentos possuem computador com internet. E, do total, somente 29% oferecem o serviço ao usuário.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Família e familha

Um amigo meu, comigo no Horto, depois de observar no Socorro, no Museu e no Horto a quantidade de ex-votos ao Padre Cícero por graças alcançadas por sua intercessão, me disse: “A Igreja procura um milagre [cientificamente comprovado] do candidato a santo. Aí o Padre Cícero tem um navio de milagres, e ficam com essa lengalenga!”
Mais virtudes do que defeitos (crônica de 27. 05.06).

Muitos conselhos bons e práticos encontramos na Bíblia. Um deles está no Eclesiástico, capítulo 33, versículo 20: Ao filho e à mulher, ao irmão e ao amigo não dê poder sobre ti, durante a vida; e não entregues a outro tuas posses, para não suceder que te arrependas e tenhas de pedir de volta.

Nas crônicas, eu cheguei a escrever que a maior solidão é a de quem está acompanhado [de pessoas indiferentes, ou que pouco lhe dão atenção].

Eu disse isto por quê? Porque o que se vê é mulher não dar atenção ao marido; marido não dar atenção à mulher; filho não ligar para os pais; pais não ligarem para os filhos, nem irmão ligar para irmão.

Falando dessa falta de amor na família, alguém disse numa televisão católica que existe família e familha. Quer dizer: marido e mulher e filhos podem estar juntos, porém cada um por si, cada um separado do outro, como ilha é separado da terra enxuta.

Esta realidade dói como corte de faca sem gume na carne.

Sou do tempo em que a mulher e o marido sempre se consultavam reciprocamente sobre terminado assunto. Havendo divergência, procuravam solução que fosse mais conforme ao interesse do casal e dos filhos. Tempo em que ouvir o marido ou ouvir a mulher não era uma vergonha, porém bom senso. Tempo em que o filho pedia a bênção aos pais e lhes ouviam os conselhos, quase sempre. Tempo em que os mais velhos eram consultados, embora a velhice nem sempre seja sábia, como diz o Livro da Sabedoria (4,8-9): A velhice venerável não é a de uma longa duração e nem se mede pelo número de anos; / o bom senso equivale aos cabelos brancos, uma vida sem mancha, à idade avançada.

Hoje, a mulher só pensa nos direitos que as leis dão a ela. O marido só pensa na cerveja. Os filhos só pensam na obrigação que os pais têm com eles. Ninguém quer assumir responsabilidade. Só quer direito. Direito, sim. Obrigação, não. Se um desses parentes disser uma palavra que desagrade o outro, vai este ao delegado ou ao juiz e se diz ultrajado, “discriminado”, e é capaz de abrir contra o parente processo por danos morais.

Marido, mulher e filhos: tolerai-vos uns aos outros. Formai uma família. (03.12.10)

Bella da Semana apresenta o segundo ensaio de Natal


Depois das fotos de Michelle Poligamia, a catarinense Suély Pedroso deixou
a timidez de lado para encantar o público vestida de mamãe Noel.

Ela tem apenas 18 anos e deixou os homens impressionados com o ensaio que
fez para o Bella da Semana no início deste ano. A concorrência é forte e,
ainda assim, suas fotos estão na lista das mais acessadas do site.

Natural de Joinville (SC), a catarinense diz que entregou seus melhores
ângulos e atributos às lentes do fotógrafo Rodrigo Marini para o especial
de Natal e espera agradar até mesmo os mais exigentes. O ensaio foi feito
em Florianópolis (SC), no Confraria Club, na Lagoa da Conceição, com
ambiente reformado recentemente.

*******

Veja a seguir as fotos de divulgação do ensaio especial da modelo Suély
Pedroso. Os créditos são do site Bella da Semana.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Atualização cadastral do Bolsa Família vai até 31 de dezembro


Com a mensagem “Criança na escola, saúde em dia e renda é direito de toda a família”, está no ar durante todo o mês de dezembro mais uma campanha de utilidade pública voltada aos beneficiários do Programa Bolsa Família, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Peças publicitárias para TV e rádio terão como público-alvo os beneficiários que não atualizaram os seus dados cadastrais no Programa.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Presidente Lula e a presidente eleita Dilma Rousseff em cerimônia de inauguração de eclusas da hidrelétrica de Tucuruí (PA).


Foto: Ricardo Stuckert/PR

Mais do que uma herança bendita, o pacote de grandes obras que o governo Lula está deixando para a presidente eleita Dilma Rousseff a partir de janeiro de 2011 é símbolo da continuidade de um projeto político que está mudando a lógica de governo no País, afirmou o presidente em evento realizado no final da tarde desta terça-feira (30/11) em Tucuruí, no Pará. Projetos como o das três maiores hidrelétricas do mundo (Jirau, Santo Antônio e Belo Monte) ou das três maiores ferrovias do mundo (Transnordestina 1.700 km, Norte-Sul 1.500 km e Oeste-Leste 1.500 km) ou ainda os mais de US$ 200 bilhões que a Petrobras investirá no Pré-sal nos próximos anos contaram com participação efetiva da presidente eleita, lembrou Lula, o que o deixa convicto do sucesso do governo Dilma. “Pela sua competência, pelo seu grau de conhecimento, compromisso, eu não tenho dúvida de que em quatro anos você poderá fazer mais e melhor por este País”, disse ele.

Ouça a íntegra do discurso do presidente:

Um pouco antes de discursar no evento, que marcou a inauguração de eclusas da hidrelétrica de Tucuruí e a contratação de 41 engenheiros, o presidente Lula teve que sair do palco para mastigar um pouco de gelo, devido ao forte calor que fazia no local, mas voltou a tempo de ouvir a presidente eleita Dilma Rousseff fazer a sua primeira participação em um evento público, desde a eleição este ano, quando elogiou o governo Lula, frisando que estava ali não como presidente eleita, mas como uma pessoa que acompanhou de perto o trabalho feito na região. Ela disse que pretende continuar a ‘herança bendita’ para “fazer avançar esse projeto de inclusão social de milhões de brasileiros”. O Brasil, disse Dilma, pode ser do tamanho de nossos sonhos.

E o tamanho dos sonhos é gigantesco, afirmou Lula, enumerando o que Dilma receberá a partir do dia 1º de janeiro para dar continuidade – além das hidrelétricas, ferrovias e investimentos em Pré-sal: renascimento da indústria naval (com dezenas de encomendas de navios-plataformas, petroleiros e sondas), recorde de escolas técnicas e universidades criadas por todo o País e mais de 700 mil jovens estudando em universidades pelo ProUni, entre outras benesses. “O País está em construção e você ajudou muito nisso”, elogiou Lula. “Queremos mudar a lógica deste País. Eu sei que nós – porque você ajudou a fazer – fizemos muito, mas sei que ainda falta muito para fazer.”

Aberto debate público para discutir proteção de dados pessoais


O blog que vai recolher as opiniões e comentários da sociedade civil sobre o anteprojeto de lei de proteção de dados pessoais do Ministério da Justiça já está no ar. O objetivo é a proteção dos dados pessoais do cidadão brasileiro. A proposta prevê que qualquer informação pessoal só poderá ser tratada mediante o consentimento do titular ou através de expressa previsão legal. O blog fica em rede por 60 dias e permite comentários sobre cada um dos artigos do projeto de lei. O debate público pode ser acessado no endereço culturadigital.br/dadospessoais.

LEIA MAIS
http://portal.mj.gov.br/data/Pages/MJ7CBDB5BEITEMIDE9770459C15B449D8B8352509147538DPTBRIE.htm

Governo federal investirá para garantir abastecimento de água


O governo federal vai investir recursos financeiros para garantir abastecimento de água potável em escolas públicas de todo o país. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) vai transferir R$ 30 mil para cada unidade. Os recursos servirão para realizar instalação ou ampliação da rede hidráulica, compra de material de construção, pagamento de mão de obra, perfuração de poços artesianos ou cisternas e aquisição de bombas elétricas. Para receber o repasse, os gestores devem enviar ao Ministério da Educação o termo de compromisso preenchido e assinado.

O Presidente Responde


Élide Ferreira, 39 anos, professora da Colônia Agrícola Samambaia, Brasília (DF) – O senhor acha que o Brasil vai manter o mesmo ritmo de crescimento no próximo governo?

Presidente Lula
– Em meu governo, nós pavimentamos o caminho para um período continuado de crescimento econômico. Os empreendimentos do PAC, assim como os investimentos em Educação, promovem o crescimento e ao mesmo tempo alicerçam o crescimento. No plano macroeconômico, também criamos as bases para o progresso e para que o Brasil se tornasse um país atraente para os investimentos externos. Mantivemos a inflação sob controle, reduzimos a dívida líquida do setor público, bem como melhoramos o perfil dessa dívida. Com fundamentos sólidos, houve melhora nas contas externas, o País pagou sua dívida com o FMI (e até se tornou credor da instituição) e com outros organismos multilaterais, assim como se tornou credor externo líquido, acumulando reservas internacionais de US$ 300 bilhões. Se, de 2003 a 2010, o crescimento médio anual foi de 4,1%, nos próximos anos o Brasil deverá crescer em torno de 5% ao ano. Nosso país vai ser, segundo instituições internacionais, a 7ª economia do planeta em 2011, e tem todas as condições para se tornar a 5ª maior economia ainda nesta década.

José Ocarly Barcelos,
presidente da Missão Jovens Soldados do Senhor, Vitória (ES) – Dediquei minha vida a retirar menores das ruas. Por que este Brasil está assim, tão sujo? Por que os policiais do nosso Estado vão às ruas agredir jovens que estão se drogando ao invés de recolhê-los?

Presidente Lula – As polícias civil e militar não são orientadas a agir dessa maneira. Casos como o que você cita são desvios de conduta sujeitos a punição. Apesar de as polícias serem controladas pelos estados, os profissionais da segurança recebem, através da nossa Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), cursos de capacitação para a abordagem adequada aos usuários de drogas. Recentemente, lançamos o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas que, entre outras ações, fornece apoio financeiro a municípios para a implantação de Casas de Acolhimento Transitório, voltadas para o acompanhamento sócio-familiar e para a reinserção social de usuários. O projeto Mulheres da Paz, do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), capacita lideranças femininas de comunidades dominadas pelo tráfico, para encaminharem jovens em situação de risco para programas sociais, como o Protejo, também do Pronasci. A inclusão social é promovida por meio de atividades culturais, esportivas, de lazer e educacionais. Esses jovens tornam-se bolsistas passando a agir como multiplicadores, resgatando a cidadania de rapazes e moças das comunidades. No entanto, o mais importante é que estamos criando as condições para a incorporação dos jovens à cidadania. O salário mínimo cresceu 72% acima da inflação, o salário médio do trabalhador está em R$ 1.499,00, um recorde, e a criação de empregos é também a maior da história: mais de 2,5 milhões este ano e mais de 15 milhões desde 2003.

Amaro Lúcio Ramalho de Sá, 48 anos, vereador de Feira Nova (PE) – Nós temos orçamento destinado à revitalização dos rios São Francisco e Parnaíba. Gostaríamos de saber o que está inviabilizando a execução dessas ações, uma vez que essas medidas proporcionariam empregos, renda e desenvolvimento para os estados e municípios.

Presidente Lula – As obras de revitalização dos rios São Francisco e Parnaíba não estão inviabilizadas, muito pelo contrário. A maioria dos municípios que fica às suas margens está com obras em andamento e o restante na fase de ação preparatória, em licitação ou em contratação. O governo alocou nos últimos quatro anos cerca de R$ 1,4 bilhão para ações de revitalização: esgotamento sanitário, plantação de matas ciliares para evitar as erosões, coleta e tratamento do lixo e dragagem para ampliar as possibilidades de navegação. Trata-se de ações de pequeno porte, que não dispunham de projetos para contratação imediata, o que atrasou em alguns casos o cronograma de execução. No entanto, esses projetos terão um conjunto expressivo de obras concluídas em 2011. Mesmo no atual período, tivemos um bom volume de execução das obras de saneamento, que contribuem decisivamente para a qualidade da água nas bacias e são obras intensivas em contratação de mão-de-obra. Dos 146 municípios com projetos de revitalização, 23 já tiveram suas obras concluídas, e outros 35 terão conclusão de obras até o final deste ano.

Presidente Lula recebe prêmio pelas ações voltadas ao combate à Aids


Nesta quarta-feira (1º/12), às 11h30, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, recebe o Prêmio do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids para a Liderança durante evento que marca o Dia Mundial de Luta contra a Aids, no Palácio Itamaraty, em Brasília (DF). A homenagem, prestada pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), reconhece o papel exercido pela liderança na criação de um ambiente de mudança social positiva e na aceleração do progresso na resposta à doença.

Títulos mais acessados