sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Bispo Fernando Panico leva dois padres à Delegacia de Polícias de Crato Ceará

Gazeta de Notícias - Os sacerdotes: João Bosco Cartaxo Esmeraldo e José Honor de Brito, ambos pertencentes a Diocese de Crato e cada um com mais de 50 anos de vida sacerdotal, foram levados a Delegacia de Polícia Civil de Crato por serem contra os desmandos do bispo Fernando Panico. Esse é um fato inédito na Igreja Católica, “bispo querer padres presos”. Na Delegacia de Polícia o Padre Bosco perguntou ao delegado: “O que foi que eu fiz?”. Hoje já monsenhor, João Bosco Cartaxo Esmeraldo, é descendente de uma das mais respeitadas e tradicionais famílias do Crato, é sacerdote no âmbito da Diocese do Crato há mais de 50 anos e não existe uma mácula, umazinha sequer, que desabone sua conduta de padre e cidadão. O mesmo se pode dizer de José Honor de Brito Filho que descentes das melhores estirpes do Crato. NAS FOTOS: A direita o bispo Fernando Panico, no centro Padre Bosco e a esquerda Padre Zé Honor. 
Já do bispo Fernando Panico não se pode dizer a mesma coisa, é um forasteiro, estrangeiro vindo da Itália e vem construindo um dos piores currículos para um religioso católico oriundo do país onde está o Vaticano. 
Como há muitos católicos ignorantes que não sabem nem o que dizem suas orações. Rezam o Pai Nosso e a Ave Maria, mas não entendem os seus sentidos, logicamente não sabem também distinguir o joio do trigo, nem o bem do mal, preferindo se posicionar em favor do bispo e ignorar as posições do povo e desses dois padres que conhecemos desde longas datas.
Postar um comentário

Títulos mais acessados