sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Papa destitui bispo paraguaio por proteger suspeito de pedofilia

Gazeta de Notícias  -
Para Livieres, há oposição política por parte de colegas (Foto: Raul Gonzalez / AP)Para Livieres, há oposição política por parte de colegas (Imagem: Raul Gonzalez / AP)
Estadão
O papa Francisco destituiu um bispo paraguaio acusado de proteger um padre suspeito de pedofilia, considerando a demissão uma decisão “dolorosa”, tomada por “sérias razões pastorais”. Anteriormente, o Vaticano havia pedido a renúncia do prelado, o que teria sido recusado.
Em comunicado divulgado ontem, o Vaticano afirma ainda que a demissão do bispo de Ciudad del Este, Rogelio Livieres Plano, acontece na sequência da visita de uma delegação da Santa Sé ao Paraguai para investigar um caso que levou à troca de acusações públicas entre líderes do clero do país vizinho ao Brasil. O bispo Livieres foi publicamente atacado por colegas no Paraguai por promover e defender um padre argentino que tinha sido acusado de abuso sexual.

PS: Queremos que o VATICANO se volta também para o Brasil, especificamente para a Diocese do Crato Ceará - nordeste do Brasil, onde vem ocorrendo fatos estranhos com o desaparecimento de recursos da igreja local. Mais de 50 imóveis foram vendidos numa verdadeira dilapidação de um patrimônio construído por vários bispos ao longo de 100 anos. Neste 2014 a Diocese do Crato completa 100 anos de profícua existência.


Postar um comentário

Títulos mais acessados