quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Programa de microcrédito rural do BNB atenderá mais produtores beneficiários do programa Bolsa Família

O programa de microcrédito rural do Banco do Nordeste do Brasil, BNB, Agroamigo, deve atender 200 mil agricultores familiares que também são beneficiários do programa Bolsa Família durante o ano de 2012. A informação está sendo anunciada por Deyse Moura, da assessoria de comunicação e cultura da superintendência regional do banco, na capital do Estado. Ela transmitiu que a meta se deve à parceria institucional firmada entre o BNB e o Ministério do Desenvolvimento Agrário, no âmbito do programa ‘Brasil Sem Miséria’. Este programa do Governo Federal visa estimular a geração de trabalho e renda, bem como garantir segurança alimentar a seus beneficiários. Pela parceria, o Agroamigo atua em ações complementares ao programa Bolsa Família e ao Programa de Fomento às Atividades Rurais. Deyse moura relatou que o diretor de Gestão do Desenvolvimento da instituição financeira José Sydrião de Alencar Júnior, registrou que este alinhamento com as políticas sociais do Governo Federal potencializa os resultados do apoio creditício aos produtores. Atualmente, mais da metade (58% por cento) dos clientes ativos do programa Agroamigo também são beneficiários do programa Bolsa Família. Isto representa um universo de 408.982 microempreendedores rurais. Em 2010, segundo a informação dada por Deyse Moura, esta porcentagem era de apenas 47 por cento. De lá para cá, foram investidos cerca de 588 milhões de reais neste público. Segundo a assessoria de comunicação e cultura da superintendência regional do banco, em 2012, o Agroamigo deve aplicar cerca de 770 milhões de reais, em, aproximadamente, 400 mil operações. Recentemente, o BNB comemorou a marca de um bilhão de reais na carteira ativa do Agroamigo, que beneficia clientes com renda bruta anual de até seis mil reais. Em seis anos de atuação, o programa já contratou 2,2 bilhões de reais junto aos agricultores familiares de baixa renda, distribuídos em 1,4 milhão de operações de microcrédito rural. Entre 2005 e 2011, foram mais de 30 mil novos financiamentos por mês, ou mais de 1.500 novos financiamentos por dia. O valor médio contratado por operação é de 1.500 reais. O programa também trabalha pela inclusão financeira e conscientização ambiental dos microempreendedores. Mais de 100 mil deles já possuem conta corrente/poupança na instituição financeira. A meta para 2012 é abrir contas para todos os clientes. O Agroamigo é o Programa de Microfinança Rural do Banco do Nordeste, operacionalizado pelo Instituto Nordeste Cidadania em parceira com o Ministério do Desenvolvimento Agrário.O programa de microcrédito rural do Banco do Nordeste do Brasil, BNB, Agroamigo, deve atender 200 mil agricultores familiares que também são beneficiários do programa Bolsa Família durante o ano de 2012. A informação está sendo anunciada por Deyse Moura, da assessoria de comunicação e cultura da superintendência regional do banco, na capital do Estado. Ela transmitiu que a meta se deve à parceria institucional firmada entre o BNB e o Ministério do Desenvolvimento Agrário, no âmbito do programa ‘Brasil Sem Miséria’. Este programa do Governo Federal visa estimular a geração de trabalho e renda, bem como garantir segurança alimentar a seus beneficiários. Pela parceria, o Agroamigo atua em ações complementares ao programa Bolsa Família e ao Programa de Fomento às Atividades Rurais. Deyse moura relatou que o diretor de Gestão do Desenvolvimento da instituição financeira José Sydrião de Alencar Júnior, registrou que este alinhamento com as políticas sociais do Governo Federal potencializa os resultados do apoio creditício aos produtores. Atualmente, mais da metade (58% por cento) dos clientes ativos do programa Agroamigo também são beneficiários do programa Bolsa Família. Isto representa um universo de 408.982 microempreendedores rurais. Em 2010, segundo a informação dada por Deyse Moura, esta porcentagem era de apenas 47 por cento. De lá para cá, foram investidos cerca de 588 milhões de reais neste público. Segundo a assessoria de comunicação e cultura da superintendência regional do banco, em 2012, o Agroamigo deve aplicar cerca de 770 milhões de reais, em, aproximadamente, 400 mil operações. Recentemente, o BNB comemorou a marca de um bilhão de reais na carteira ativa do Agroamigo, que beneficia clientes com renda bruta anual de até seis mil reais. Em seis anos de atuação, o programa já contratou 2,2 bilhões de reais junto aos agricultores familiares de baixa renda, distribuídos em 1,4 milhão de operações de microcrédito rural. Entre 2005 e 2011, foram mais de 30 mil novos financiamentos por mês, ou mais de 1.500 novos financiamentos por dia. O valor médio contratado por operação é de 1.500 reais. O programa também trabalha pela inclusão financeira e conscientização ambiental dos microempreendedores. Mais de 100 mil deles já possuem conta corrente/poupança na instituição financeira. A meta para 2012 é abrir contas para todos os clientes. O Agroamigo é o Programa de Microfinança Rural do Banco do Nordeste, operacionalizado pelo Instituto Nordeste Cidadania em parceira com o Ministério do Desenvolvimento Agrário
Postar um comentário

Títulos mais acessados