quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Patrimônio público destruído por vândalos em Crato

Uma onda de vandalismo resolveu se instalar no Crato, agindo principalmente contra o patrimônio público. Como se não bastasse a quebradeira dos orelhões, bancos de praças e pichações em muros e prédios residenciais e comerciais, agora os vândalos resolveram agir de forma mais agressiva e covarde. A polícia e a Guarda Municipal estão sendo avisadas da ação desses meliantes e a população pede providências. Alguns dos registros recentes desse tipo de ocorrência foi o apedrejamento da máquina Patrol da Prefeitura, quando ia com destino a Santa Fé para trabalhos de restauração da estrada que dá acesso aquele Distrito a sede municipal.O operador da máquina, cuja identidade não foi revelada, quando chegou à altura do Sítio Barreiras, acima da Toca de Assis, foi atacado com pedradas remessadas por alguém que estava de tocaia, escondido na vegetação, às margens da rodovia. Uma das pedras atingiu o pára-brisa do veiculo e os estilhaços de vidros atingiram o rosto do maquinista, chegando a feri-lo. Surpreendido com o ataque, a vítima não teve condições de seguir em frente e voltou para a garagem.Outra ocorrência contra o patrimônio público foi registrada em uma das passarelas do Canal do Rio Grangeiro. A única que restou da enchente do ano passado foi serrada maldosamente por alguém que a polícia ainda não tem informações. Usando um equipamento, uma suposta máquina de serralheiro, o criminoso serrou uma das bases e o corrimão da pequena ponte de ferro. Não se sabe se a intenção da pessoa que cometeu o ato era derrubar a passarela ou fazer dela uma armadilha para matar alguém que por ela passasse. O mais estranho ainda é que ninguém sabe a hora do acontecido, pois os moradores das proximidades contaram que não ouviram barulhos semelhantes ao de uma serra elétrica.
Postar um comentário

Títulos mais acessados