quarta-feira, 19 de março de 2014

Humor - Ora, pois...

Expressões da língua Portuguesa de Portugal
ORA, POIS...
QUEM TEM SOTAQUE SOIS VÓS. NÓS, CÁ DE PORTUGAL, TEMOS PRONÚNCIA.
NÃO QUE QUEIRAMOS ESTAR A CRITICAR, MAS AFINAL, O IDIOMA É NOSSO,
POIS NÃO?

        Pois é, a partir daí, é bom irmos nos atualizando com o modo de falar e com as expressões dos genitores da nossa língua, caso esteja em nossos planos, viajar à "Santa Terrinha". Observem pois, as dificuldades que teve de adaptação, a bela Margarida Avelar, jovem portuguesa, mulher do comandante da empresa de telefonia celular VIVO, no Brasil, em reportagem para a revista FLASH.

- Em Portugal, não se acende a luz, mas se abre a luz.
- Não existe água poluída, e sim, inquinada.
- A situação não se agrava, agudia-se.
- As estrada não são de asfalto, mas de alcatrão.
- O catálogo telefônico é conhecido como anuário.
- Sobrenome é apelido. Apelido mesmo é alcunha.
- Uma casa não tem 3 quartos, e sim, 3 assoalhadas.
- Não se guarda o carro na garagem, mas na autococheira.
- ônibus, se for urbano, é autocarro; se for interurbano, é caminhonete.
- O bebê não mama na mamadeira, e sim no bebedeiro.
- O avental da cozinheira, chama-se bibe.
- Bombista é o terrorista que solta bombas.
- Borranchincho é o galanteio dirigido às belas raparigas portuguesas.
- Não toque a campainha, aperte o botão elétrico.
- Uma rapariga arrebicada, é uma moça vestida com extravagância.
- Jeans é uma calça de ganga.
- Trolha é apenas um pedreiro.
- O trepador, não é o que você está pensando; é quem escala montanhas.
- Quando se fala do "Bucho e o Estica", está se referindo ao "Gordo e o Magro".
- Os Três Estarolas, são os Três Patetas.
- Ula-Ula não é dança, e sim correria.
- Ao pagar, não confira o troco e sim, a demasia.
- Quem aluga uma casa sem móveis, aluga a casa nas paredes.
- Avião não decola, escola.
- Bonde é elétrico.
- Trem é comboio. (pronuncia-se combóio, com a vogal aberta)
- Faxineira: Mulher a dias.
- Retreté é vaso sanitário; autoclismo é a descarga.
- Fila é bicha. E não se surpreenda com as placas de organização: ENTRE NA BICHA.
Postar um comentário

Títulos mais acessados