domingo, 23 de dezembro de 2012

Em tempos de crise, Vaticano prepara Auto de Natal pela metade do custo

Gazeta de Notícias -
    
Bento XVI no Vaticano: Natal em tempos de crise
Foto: AP
  • Preço total é de US$ 160 mil, mas Igreja diz que patrocinadores ajudaram
Por: Michael Day
Do Jornal "Independent"
Publicado:
Atualizado:


Bento XVI no Vaticano: Natal em tempos de crise AP
ROMA - A crise econômica atingiu o Natal do Vaticano este ano. O Auto de Natal na Praça São Pedro será realizado pela metade do custo. Parte da conta vai ser paga pelos já sacrificados contribuintes italianos.
Após o escândalo de que o Vaticano teria gasto o equivalente a mais de US$ 650 mil no Auto de Natal em 2009, a Santa Sé pretende gastar seu dinheiro de forma mais prudente. O Auto de Natal deste ano está avaliado em cerca de US$ 235 mil a menos do que a versão de 2011, que já havia sido mais barata.
Administrador sênior da cidade do Vaticano, Monsenhor Giuseppe Sciacca disse que a Santa Sé está gastando apenas US$ 28 mil na montagem da cena, que será revelada no dia 24. No entanto, cardeais garantiram que não é só a Igreja Católica que está pagando pelas despesas - como transporte e construção dos 150 m² da peça.
A Igreja, que recebe milhões em recursos dos contribuintes, permitiu que a região mais pobre da Itália, a Basilicata, pagasse cerca de US$ 117 mil do custo total, estimado em US$ 160 mil. Representantes da região disseram que patrocinadores cobriram a maior parte da soma. Todas as cerca de 100 estátuas em tamanho real de terracota foram feitas em Basilicata.
Um dos documentos mais comprometedores vazados durante o escândalo que ficou conhecido como VatiLeaks, no começo deste ano, foi uma carta de Monsenhor Carlo Maria Vigano, antecessor de Monsenhor Sciacca. Na mensagem, Vigano reclamava que o Vaticano estava perdendo milhões de euros por meio da corrupção e gastos desnecessários.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo/em-tempos-de-crise-vaticano-prepara-auto-de-natal-pela-metade-do-custo-7117613#ixzz2FsBn0kCG
Postar um comentário

Títulos mais acessados