sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Prefeito do Crato recebe dinheiro federal e deixa obras paralisadas



A placa com as informações - OBRAS PARADAS
Tudo FECHADO com tapumes ESCONDENDO

O prefeito do Crato Samuel Araripe recebe dinheiro do Governo federal, no valor de R$ 606.000,00, para construção de uma Praça dos Esportes e da Cultura, no bairro Mirandão, mas as obras estão paralisadas ainda nos alicerces, enquanto não se sabe com que recursos, luta contra o tempo para construir uma sede da Secretaria de Educação do Município que quer inaugurar ainda em seu governo. Samuel Araripe, como prefeito, vem desvirtuando o direcionamento das verbas (convênios) federais, no entanto, nem o Ministério Público, Polícia federal, CGU - Controladoria Geral da União ou o TCM - Tribunal de Contas dos Municípios tem mostrado interesse em acompanhar e fiscalizar o que é feito com a totalidade dos repasses federais.
O prefeito do Crato proclama que está deixando a Prefeitura sem dívidas, com 700 obras inauguradas e milhões em caixa. Todavia a população não conhece, não viu nem assistiu a inauguração de nenhuma obra. Cara-de-pau é anunciar a urbanização do centro da cidade e o Centro de Convenções como coisas da Prefeitura, onde todo mundo sabe que tudo isso se deve exclusivamente ao governador Cid Gomes.
A Prefeitura do Crato tem dívidas, entre elas cinco meses de atraso no aluguel do Centro Administrativo Municipal, (ex-hospital pediátrico) e diz não ter recursos para nada, no entanto, de repente aparece dinheiro para construir, a toqueu de caixa, uma vultosa obra como a sede de uma secretaria.
O que está havendo com os órgãos fiscalizadores ? É assim mesmo que funciona ? Ou deixa pra lá. Como diz a música de Bete Carvalho:

"Aproveita hoje porque a vida é uma só
O amanhã quem sabe se é melhor ou se é pior
Deixa correr frouxo que esquentar não é legal
Se o Brás é tesoureiro a gente acerta no final
Pois Deus é brasileiro e a vida é um grande carnaval."
Postar um comentário

Títulos mais acessados