terça-feira, 14 de agosto de 2012

Heroína Bárbara de Alencar receberá homenagens, com entrega de Título de Cidadã Cratense

Gazeta de Notícias -  A Prefeitura do Crato e as famílias Alencar Araripe estão convidando a sociedade cratense e do Cariri a participarem dos eventos comemorativos de reconhecimento de Bárbara Pereira de Alencar como heroína nacional. O projeto de lei 522/2011 aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado da República determina a inscrição do nome da heroína no livro dos heróis da pátria. Os eventos acontecerão em vários locais em Crato no dia 18 de agosto (sábado próximo).
Às 17 horas, haverá celebração de missa na Sé Catedral Nossa Senhora da Penha, em homenagem aos 180 anos de morte da homenageada. Às 19 horas, no Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva, acontecerá o lançamento do Selo Comemorativo da Inscrição de seu nome, no livro “Heróis da Pátria”. Às 19h30, também no Teatro Municipal, haverá o lançamento do livro “Bravos Retumbantes de Uma Vida”, com a passagem da biografia de Bárbara Pereira de Alencar. E, finalmente, às 20 horas, no mesmo local, haverá concessão do Titulo de Cidadão Cratense para a heroína que será representada por sua descendente mais próxima.
Bárbara Pereira de Alencar nasceu na Fazenda Caiçara, município pernambucano de Exu, aos 11 dias do mês de fevereiro do ano 1760. Faleceu em 1832 no município de Fronteiras, Estado do Piauí, e foi sepultada em Campos Sales, no Ceará, cujo túmulo localizado no Distrito de Itaguá, onde estão seus restos mortais, está em processo de tombamento. Em vida, Bárbara de Alencar participou de muitos movimentos políticos, inclusive da Revolução Pernambucana de 1817 e da Confederação do Equador. Mãe de Tristão Gonçalves de Alencar Araripe, José Martiniano Pereira de Alencar e Padre Carlos José dos Santos, todos revolucionários.
Postar um comentário

Títulos mais acessados