sexta-feira, 9 de março de 2012

Metodologia do Agroamigo será aplicada em outros grupos do Pronaf

 Programa de microcrédito rural tem carteira ativa de 106 mil  clientes no Ceará

Gazeta de Notícias - Fortaleza (CE) 9 de março de 2012 - A metodologia do Agroamigo, iniciativa do Banco do Nordeste para operacionalização do Pronaf B, será estendida a outros grupos do Programa a partir desse ano. De acordo com o superintendente de Agricultura Familiar e Microfinança Rural do Banco do Nordeste, Luiz Sérgio Farias Machado, o método será empregado em toda área de atuação do Banco, em contratos de até R$ 15 mil, exceto em operações dos grupos A e A/C.
 
Aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), por solicitação do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), a medida objetiva oferecer crédito produtivo, orientado e acompanhado a um maior número de agricultores familiares, que serão atendidos na sua própria comunidade, por meio do assessor de microcrédito.
 
O diretor de Gestão do Desenvolvimento do Banco do Nordeste, José Sydrião de Alencar Júnior, informa que serão implantados, inicialmente, dez projetos-pilotos em agências do Ceará e da Bahia. “Há ganhos para a Instituição, uma vez que haverá melhor efetivação do acompanhamento do processo pós-concessão de crédito; e para o agricultor, porque terá crédito acompanhado e orientado, assistência técnica e extensão rural”, afirmou.
 
Sobre o Agroamigo
O Programa de Microfinança Rural do Banco do Nordeste (Agroamigo), tem como objetivo qualificar o atendimento aos agricultores familiares, mediante a concessão de crédito produtivo e orientado. Sua metodologia preconiza atendimento rápido e desburocratizado, permitindo aumento de renda familiar no campo e a criação de novas oportunidades de trabalho.
 
Em 2011, o Agroamigo contratou 367 mil operações em toda a área de atuação do Banco – região Nordeste e Norte de Minas Gerais e Espírito Santo, num total de R$ 775 milhões em desembolsos. O valor médio das operações foi de R$ 2,1 mil. No Ceará, foram contratadas cerca de 50 mil operações, no valor total de R$ 102 milhões. Atualmente, o Programa tem 106 mil clientes ativos no Estado.
 
Operacionalizado pelo Instituto Nordeste Cidadania (Inec) - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) -, o Agroamigo também trabalha com inclusão financeira e ambiental de microempreendedores. Mais de 100 mil deles já possuem conta corrente ou poupança do Banco do Nordeste.
Postar um comentário

Títulos mais acessados