sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Ministério e BNB debatem financiamento para produtores de cana


Cerca de 18 mil produtores nordestinos de cana de açúcar podem ser beneficiados com financiamentos para custeio e renovação dos canaviais na região. A pauta será analisada pelo Banco do Nordeste, na sede do BNB, de Fortaleza (CE). A iniciativa é do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que solicitou o encontro para debater a flexibilização das exigências da instituição bancária. A União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida) também participa da reunião.De acordo com o presidente da Unida, Alexandre Andrade Lima, a medida é indispensável para o fortalecimento da cadeia produtiva do etanol brasileiro. “Para que o produtor independente possa contribuir no incremento do biocombustível, é preciso ter condições adequadas nos canaviais e atratividade em financiamentos para os respectivos investimentos. O dirigente acrescenta dizendo que não basta o Governo Federal apenas colocar mais recursos à disposição do setor, ele tem que dar condições para que chegue ao agricultor”.Outras fontes de financiamentos, prazos para pagamentos e renegociação de débitos também serão discutidas no encontro. Participam da reunião o diretor do Departamento da Cana-de-açúcar e Agroenergia do Mapa, Gerardo Fontelles, e o diretor do BNB, Luis Sérgio. E ainda o presidente da Unida, Andrade Lima, e o presidente da Comissão Nacional de Cana-de-Açúcar da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, Gerson Carneiro Leão.
Postar um comentário

Títulos mais acessados