quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Dez concorrem para construir VLT Parangaba/Mucuripe


Gazeta de Notícias - Na fase de habilitação, a documentação entregue pelas empresas será encaminhada para análise técnica da Secretaria da Infraestrutua
Oito consórcios e duas empresas apresentaram propostas para a licitação das obras civis do Ramal Parangaba Mucuripe na sessão realizada nesta terça-feira (08), às 9h30min, na Comissão Central de Concorrência (CCC) da Procuradoria Geral do Estado (PGE). Na fase de habilitação, a documentação entregue pelas empresas será encaminhada para análise técnica da Secretaria da Infraestrutua (Seinfra) para conferência do atendimento às normas previstas no edital. Somente serão abertas as propostas comerciais das empresas habilitadas. O resultado da licitação será divulgado em sessão pública com a presença dos participantes.
O Ramal, que ligará o Mucuripe à Parangaba utilizando Veículos Leves sobre Trilhos (VLT), é uma das realizações do Governo do Estado para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. Pela proposta governamental o valor de referência, ou seja, o máximo preço que poderá ser proposto pelas empresas será de R$ 205.196.002,24. Como a licitação é do tipo menor preço, vencerá a empresa ou consórcio que apresentar proposta capaz de realizar a obra com valor abaixo do proposto como referência pelo governo, bem como pelas empresas concorrentes. A ata da sessão ficará disponível no site www.pge.ce.gov.br.


Conheça o projeto
O Ramal Parangaba - Mucuripe será uma das grandes obras estruturantes no conceito de mobilidade urbana em Fortaleza para a Copa de 2014. O Ramal vai ser operado com VLTs (Veículos Leves Sobre Trilhos) e fará a conexão ferroviária de 12,7 quilômetros entre a Estação Parangaba e o Porto do Mucuripe. Serão 11,3 km em superfície e 1,4 km em elevado.
A obra visa à remodelação do ramal ferroviário Parangaba-Mucuripe, atualmente utilizado para transporte de carga, objetivando a utilização do mesmo para transporte de passageiros. O Ramal Parangaba Mucuripe passará por 22 bairros da Capital. A previsão é que a obra tenha início em janeiro de 2012 e seja concluída até o início do segundo semestre de 2013 (inclusive final dos testes) e, uma vez concluído, deverá ser utilizado por 90 mil passageiros por dia.
Seis Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) fabricados pela Bom Sinal no Cariri, conduzirão os passageiros. Movidos a diesel, os VLTs possuem ar-condicionado, sendo mais confortáveis que os antigos trens. Serão dez estações, sendo que as da Parangaba e do Papicu possuem projeto diferenciado, devido à integração com os terminais de ônibus. As demais estações serão localizadas no Montese, Vila União, Rodoviária, São João do Tauape, Pontes Vieira, Mucuripe, Serviluz e Praia Mansa.

Saiba mais:
Na proposta do Governo para as famílias que terão suas moradias desapropriadas estão a entrega de um apartamento, quitado, para as pessoas que receberem, inclusive, indenizações em dinheiro até R$ 40 mil. Para as famílias com valores a receber em dinheiro acima de R$ 40 mil, além do valor, o apartamento do Programa Minha Casa Minha Vida 2 será entregue mediante pagamento de valores mensais entre R$ 50,00 e R$ 150,00.
Licitantes para construção das obras civis do VLT Parangaba/Mucuripe
1 Acciona - Acciona do Brasil Ltda e Acciona Infraestructuras S,A
2 Aterpa/Emsa/J Dantas
3 Construcap/Cetenco/Engefel
4 CPE – VLT Fortaleza (Consbem Construções e comércio, Construtora Passarelli e Engexata
5 Consórcio EIT – Edeconsil e EIT Construções
6 Consório Fortaleza (Tiisa-Triunfo-Iesa Infraestrutura S.A, Mercurius Engenharia, DP Barros Pavimentação e Construção
7 Consórcio Marquise-Constran-Ramal Parangaba-Mucuripe (Construtora Marquise S/A e Constran S.A Construção e Comércio)
8 Consórcio Petra – Realidade – Convap (Petra Construtora Ltda, Realidade Engenharia Ltda e Convap Engenharia e Construçoes)
9 Galvão Engenharia
10 Mendes Junior Trading e Engenharia


Mais informações
Marcos Cavalcante/Luiz Guedes
Ascom Seinfra
(85) 3216-3764
Postar um comentário

Títulos mais acessados